Vestuários de Sorocaba elegem nova direção do sindicato

Paula Proença, trabalhadora da Comask, segue na presidência junto com uma direção formada por lideranças das principais fábricas


Frente a uma categoria com absoluta predominância de mão-de-obra feminina, o Sindicato das Trabalhadoras e Trabalhadores nas Indústrias do Vestuário de Sorocaba e região segue sob comando de uma diretoria formada por 100% de mulheres e com representação nas principais fábricas.


Em eleição para nova diretoria, realizada nos dias 7 e 8 de junho, a Chapa 1, que adotou o slogan “Costurando um Novo Futuro”, recebeu a aprovação de 99,5% dos votos válidos, o que demonstra a confiança e o respeito da categoria ao trabalho desenvolvido pela entidade.


A Chapa 1, que será empossada no dia 4 de agosto, é formada por 12 trabalhadoras das quais 4 assumirão pela primeira vez um cargo de representação sindical. Elizabete, Ivete, Sandra e Selma reforçam o time de lideranças do sindicato e do ramo vestuário da CUT frente aos desafios colocados para a classe trabalhadora no próximo período, dentre eles, a eleição de novos governantes e luta por direitos, emprego e salário.


Para Paula Proença, presidenta reeleita, o resultado das urnas é fruto de uma história de luta. “O alto índice de aprovação das sócias e sócias sobre o trabalho que vem sendo feito, reforça ainda mais nosso compromisso em defender os interesses imediatos e históricos da categoria e de toda a classe trabalhadora. Nossa luta não é de hoje e não termina hoje. Seguiremos buscando novas formas para ampliar a representação e a presença no Sindicato”, ressaltou a sindicalista.