Sindicato leva conhecimento sobre moda sustentável e trabalho digno para trabalhadoras de Sorocaba


Iniciativa é inédita na cidade e busca envolver também os empresários/as do setor

Na última sexta-feira, 14, trabalhadoras na fábrica de confecções da marca Alcalde Moda Feminina participaram da iniciativa Disseminando Moda, cujas atividades consistem no diálogo entre trabalhadores e patrões sobre moda sustentável e qualidade do emprego.

As sindicalistas distribuíram um folder e discutiram com as trabalhadoras os motivos pelos quais o conhecimento sobre o tema é tão importante para quem é empregada/o, quanto para quem emprega. “Cada vez mais a sociedade se preocupa com o consumo consciente. Conhecer o que está por trás da matéria prima que usamos para confeccionar roupas e em que condições ela foi fabricada é da conta de todas nós. Assim como é da nossa conta, a forma com que são tratadas as mulheres e homens que trabalham na fabricação das roupas que vestimos”, explicou Paula Proença, presidenta do Sindicato.

Proença explicou ainda que as trabalhadoras nas fábricas de confecções conhecem apenas uma parte do processo produtivo. “Nós recebemos o tecido pronto, mas antes desse material chegar em nossas mãos, existem outros processos e muitos deles são nocivos às pessoas e ao meio ambiente”, destacou.

Sobre a iniciativa

As atividades foram realizadas pela Confederação Nacional dos Trabalhadores/as no Ramo Vestuário da CUT, CNTRV, em parceria com o Lab Moda Sustentável (uma entidade brasileira que debate o futuro da moda), Sindicato das Trabalhadoras/es na Indústria do Vestuário de Sorocaba e Sindicato dos Trabalhadores do Ramo Vestuário de Pouso Alegre e região (MG).

“Essa iniciativa é, acima de tudo, uma forma de demonstrar aos trabalhadores e às trabalhadoras que o sindicato não luta apenas por garantias de direitos e melhores salários, mas também por condições dignas de vida e defesa do meio ambiente”, apontou Cida Trajano, presidenta da CNTRV. “No nosso ponto de vista, em um processo produtivo realmente sustentável, tem que existir respeito aos direitos, à organização sindical, à saúde e à vida dos trabalhadores e trabalhadoras”, frisou Josenildo Melo, assessor da entidade.

Veja as fotos das atividades AQUI

Saiba mais sobre a INICIATIVA DISSEMINANDO MODA