Em 4 anos, desemprego aumentou 96,2% no Brasil

March 2, 2018

 

No Brasil da reforma trabalhista, o número de desempregados só cresce. Segundo pesquisa recente divulgada pelo IBGE, de novembro de 2017 a janeiro de 2018, o desemprego atingiu 12,2% dos trabalhadores e trabalhadores. Foram 12,7 milhões de pessoas sem ocupação.

 

Ao contrário do que prometeram Temer e seus aliados no Congresso, a reforma trabalhista não foi capaz de criar novas vagas de emprego. À época, a CUT denunciou: “O que gera emprego não é a flexibilização da legislação trabalhista e, sim, uma economia forte, com projetos de investimentos públicos e privados”, disse Vagner Freitas, presidente da Central.

 

Da mesma forma que os empregos com carteira assinada caíram, o trabalho informal cresceu confirmando os argumentos das lideranças sindicais que foram contrárias à reforma trabalhista.

De 2016 a 2018, o desemprego cresceu 96,2% no Brasil. Isso significa que do início do golpe até sua concretização, 6,5 milhões de brasileiros perderam seus empregos. Setores econômicos importantes como agricultura e indústria da construção foram os mais atingidos. Neste último caso, segundo analistas internacionais, a Operação Lava Jata, contribuiu diretamente para que milhões de trabalhadores perdessem seus empregos, já que grandes obras foram praticamente paralisadas pela investigação policial, à medida que não foram criados mecanismos para a punição dos empresários corruptos e, ao mesmo tempo, manutenção do papel social de suas empresas.

Please reload

Sindicato do Vestuário de Sorocaba

Imagens da luta
Endereço

Rua Júlio Hanser, nº 140 – Sala 01 – Jardim Faculdade – Sorocaba/SP.  CEP:18030-320

Fone: (15) 3222•2122

         

 

Celular/Whatsapp: (15) 99119•7574

E-mail: stivestuariosor@uol.com.br

Encontre-nos

Novo desenvolvimento/atualizações: Associação Participi de Comunicação Cidadão
Profissionais responsáveis: João Andrade || Giovani Vieira Miranda