8 de Março: Sindicatos esclarecem população de Sorocaba sobre Reforma da Previdência

Neste 8 de março, o Sindicato do Vestuário de Sorocaba participou de uma ação organizada pela subsede local da Central Única dos Trabalhadores (CUT). Durante toda a manhã, sindicalistas dialogaram com a população em trânsito no centro da cidade sobre os danos que a Reforma da Previdência irá causar para a classe trabalhadora, caso seja aprovada pelo Congresso.


Abaixo-assinado

Além de um jornal específico explicando os pontos da PEC 287 (Reforma da Previdência), as/os militantes coletaram assinatura da população contra a Proposta de Emenda Constitucional proposta por Michel Temer que, dentre outras mudanças, cria idade mínima de 65 anos para que homens e mulheres possam requerer aposentadoria. O Abaixo-assinado será entregue para o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (Democratas), em audiência no dia 14 de março.

Protestos em São Paulo

A capital paulista foi palco de grandes protestos neste 8 de março. Contrários à Reforma da Previdência, milhares de manifestantes protestaram em frente o prédio do INSS, na região central da cidade. A Praça da Sé ficou tomada por mulheres e homens que pediam a extinção da PEC 287. “Temer sai, aposentadoria fica”, foi uma das principais frases de ordem dos protestos desse 8 de março em todo o país.

O Sindicato do Vestuário de Sorocaba participou das atividades locais e seguiu para São Paulo onde as dirigentes participaram dos Atos e protestos.