Novo presidente do TRT de São Paulo critica reforma trabalhista apoiada por Michel Temer

August 10, 2016

 

Em entrevista à Rede Brasil Atual, o novo presidente da 2.ª Região do Tribunal Regional do Trabalho de São Paulo, a maior do país, condenou a proposta apoiada por Michel Temer, em flexibilizar a legislação trabalhista.  Wilson Fernandes, não vê nenhuma relação entre a geração de empregos e a flexibilização das leis trabalhistas e considera que tal discurso é usado somente para “seduzir” parcela da sociedade e garantir o avanço de uma reforma trabalhista que retire direitos. “Os direitos foram se consolidando, por isso chamamos de Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) e de repente, num momento de dificuldade econômica, você pode pôr tudo isso a perder”, aponta.

Fernandes também critica o PLC 30, que tramita no Senado, sobre terceirização. "Acho que a terceirização precisa, sim, ser regulamentada. Mas entendo que o que deva ser regulamentado é a terceirização da atividade-meio, basicamente. Terceirizar a atividade-fim significa, nesse aspecto, precarização de direitos", afirma.

Justiça do Trabalho

Atualmente, os trabalhadores da Indústria são os que mais recorrem à Justiça do Trabalho para reclamar seus direitos. “Propostas como a flexibilização dos direitos trabalhistas e a predominância do negociado sobre o legislado, ambas com forte apoio do governo ilegítimo de Michel Temer, atingem em cheio os trabalhadores do setor vestuário. Somos um dos setores com forte índice de trabalho precário e a Justiça do Trabalho é a única esperança para a resolução de muitos conflitos. Se não houver direitos, não haverá o que reclamar”, lamenta Cida Trajano, presidenta da Confederação Nacional dos Trabalhadores do Ramo Vestuário da CUT (CNTRV).

 

Please reload

Sindicato do Vestuário de Sorocaba

Imagens da luta
Endereço

Rua Júlio Hanser, nº 140 – Sala 01 – Jardim Faculdade – Sorocaba/SP.  CEP:18030-320

Fone: (15) 3222•2122

         

 

Celular/Whatsapp: (15) 99119•7574

E-mail: stivestuariosor@uol.com.br

Encontre-nos

Novo desenvolvimento/atualizações: Associação Participi de Comunicação Cidadão
Profissionais responsáveis: João Andrade || Giovani Vieira Miranda